Este site usa cookies para melhorar a sua utilização.

Madalena Meyer Resende


21mmr foto
user outlineredInvestigadora Integrada

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.Contacto
textfile5redCV
web58redSite Pessoal


Professora Auxiliar com Agregação no Departamento de Estudos Políticos na Universidade NOVA de Lisboa e investigadora do Instituto Português de Relações Internacionais (IPRI-NOVA). É doutorada em Ciência Política pela London School of Economics (2005) e presidente da Associação Portuguesa de Ciência Política. Tem numerosas publicações nacionais e internacionais, incluindo o livro Nationalism and Catholicism: Changing Party Politics in Europe, publicado pela Routledge. O foco geográfico da sua investigação é a Europa Central e Oriental, e a Europa do Sul, centrando-se nos temas do nacionalismo e das relações Igreja-Estado.

Áreas de Investigação:

Nacionalismo
Religião e Política
Europa Central e Oriental
Partidos Políticos
Integração Europeia

Publicações Recentes:

1. 2015 (forthcoming) (with Anja Hennig) ‘Shunning direct intervention: Explaining the exceptional behavior of the Portuguese Church hierarchy in morality politics’, New Diversities, vol.17, no.2.
2. 2015 (forthcoming) (with Anja Hennig) “Bedingungen der Aktivierung von moralpolitischen Konflikten. Konservativ- religiöse Identitäten und die religiöse Konfliktlinie in der spanischen Debatte um die Verschärfung des Abtreibungsgesetzes nach 2010” in Werkner, I.J und Hidalgo, O.(eds), Religiöse Identitäten in politischen Konflikten (2015), AK-Band, Berlin.
3. (2015) Catholicism and Nationalism: Changing Nature of Party Politics, Basingstoke: Routledge.
4. 2014 ‘As Relações entre a Polónia e a Rússia: 1980-2011’ in Daehnhardt, P. e Freire, M.R. (eds.) A Política Externa Russa no Espaço Euro-Atlântico: Dinâmicas de cooperação e competição num espaço alargado, Almedina, Coimbra.
5. 2011 "Transformando a nação: Os nacionalismos dos partidos de centro-direita em Espanha e na Polónia", Análise Social, 201, pp. 741-764.

fct        fcsh        edp       

edp        edp        ribei