Este site usa cookies para melhorar a sua utilização.

Recrutamento
Técnico Superior em regime de contrato de trabalho a termo resolutivo incerto para Gestão de Ciência e Tecnologia - Comunicação
20 | dezembro | 2021 - 14 | janeiro | 2022
IPRI-NOVA



Torna-se público que, por despacho do Reitor da Universidade NOVA de Lisboa, Professor Doutor João Sàágua, datado de 03 de dezembro de 2021, se encontra aberto procedimento de recrutamento, com vista à contratação de um Técnico Superior, em regime de contrato de trabalho a termo resolutivo incerto, nos termos do n.º 2 do artigo 140 do Código do Trabalho tendo em consideração o acréscimo temporário de tarefas no âmbito do Instituto Português de Relações Internacionais - Universidade Nova de Lisboa, UIDB/04627/2020 e ao abrigo do Regulamento relativo às carreiras, ao recrutamento e aos contratos de trabalho de pessoal não docente e não investigador em regime de contrato de trabalho da Universidade NOVA de Lisboa (Regulamento n.º 577/2017, de 13 de outubro, publicado no Diário da República, 2ª série, nº 210, de 31 de outubro), adiante designado por Regulamento, para exercer funções de Gestão de Ciência e Tecnologia no Instituto Português de Relações Internacionais - Universidade Nova de Lisboa.

1. Local de trabalho: Instalações do Instituto Português de Relações Internacionais - Universidade Nova de Lisboa, sitas no Colégio Almada Negreiros – Campus de Campolide, 1099-032 em Lisboa.

2. Conteúdo funcional:

2.1 Comunicação de Ciência;

2.2 Marketing Digital;

2.3 Assessoria de Imprensa;

2.4 Planeamento de atividades diretamente relacionadas com Investigação e Desenvolvimento (I&D), incluindo organização de conferências e eventos.

3. Requisitos de admissão sob pena de exclusão:

3.1 Licenciatura em Comunicação Social.

4. Requisitos a avaliar:

4.1 Experiência na gestão e dinamização de Websites institucionais;

4.2 Experiência na gestão de redes sociais (LinkedIn, Facebook, Twitter, etc.) e redes académicas (Academia, Researchgate, etc.);

4.3 Experiência na atualização e monotorização de plataformas de produção científica, designadamente PURE – Information Management System, ORCID, Scopus, Web of Science e CIÊNCIA ID;

4.4 Conhecimento de políticas de Acesso Aberto (nomeadamente da FCT) e das políticas editoriais das principais editoras e revistas académicas nacionais e internacionais;

4.5 Experiência na edição de publicações académicas;

4.6 Experiência na idealização e construção de materiais digitais de divulgação de produtos e serviços;

4.7 Sólidos conhecimentos de programas e plataformas informáticas diversas (MS Office, MailChimp, Adobe InDesign, Plataformas de Gestão, etc.), bem como plataformas de análise web, monitorização e métricas sociais (Google Analytics);

4.8 Conhecimentos básicos de HTML;

4.9 Experiência em assessoria de imprensa;

4.10 Sólidos conhecimentos de língua inglesa falada e escrita.

4.11 Capacidade de análise, planeamento, organização e trabalho em equipa;

4.12 Motivação para o exercício da função;

4.13 Dinamismo, proatividade e flexibilidade.

5. Apresentação das candidaturas:

A apresentação das candidaturas deve ser, obrigatoriamente, formalizada mediante preenchimento de requerimento tipo, acompanhado de curriculum vitae, assinado e datado, atualizado à data da candidatura e detalhado de acordo com o conteúdo do posto de trabalho, cópia do certificado de habilitações literárias, carta de motivação e outros documentos relevantes no âmbito do conteúdo e requisitos funcionais, remetidos para o endereço de correio eletrónico Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar., indicando no assunto a referência CT-TS-003/2021/IPRI. A falta de entrega, dentro do prazo, de requerimento contendo menção explícita da referência do presente anúncio, do curriculum vitae e de cópia do certificado de habilitações literárias determina a exclusão do processo de recrutamento e seleção. Assiste ao júri a faculdade de exigir a qualquer candidato, em caso de dúvida, a apresentação de documentos comprovativos das suas declarações. Posteriormente a Divisão de Recursos Humanos envia ao candidato uma mensagem de correio eletrónico confirmando a receção da candidatura.

6. Prazo de apresentação das candidaturas: O processo de recrutamento e seleção encontra-se aberto, para efeitos de entrega de candidaturas, até ao dia 14 de janeiro de 2022.

7. Métodos de seleção:

Serão utilizados de forma faseada dois métodos de seleção: Na 1ª fase a Avaliação Curricular (AC) e na 2ª fase a Entrevista de Avaliação de Competências e Perfil (E), com as seguintes ponderações: AC 0-60 pontos e E 0-40 pontos. Apenas os candidatos com uma classificação resultante da AC igual ou superior a 45 passarão à 2ª fase (E). A AC dos candidatos será feita de acordo com os seguintes parâmetros, tendo em conta as competências expressas pelo candidato no Curriculum vitae e na carta de motivação nas seguintes vertentes:

7.1 Experiência na gestão e dinamização de Websites institucionais;

7.2 Experiência na gestão de redes sociais (LinkedIn, Facebook, Twitter, etc.) e redes académicas (Academia, Researchgate, etc.);

7.3 Experiência na atualização e monotorização de plataformas de produção científica, designadamente PURE – Information Management System, ORCID, Scopus, Web of Science e CIÊNCIA ID;

7.4 Conhecimento de políticas de Acesso Aberto (nomeadamente da FCT) e das políticas editoriais das principais editoras e revistas académicas nacionais e internacionais;

7.5 Experiência na edição de publicações académicas;

7.6 Experiência na idealização e construção de materiais digitais de divulgação de produtos e serviços;

7.7 Sólidos conhecimentos de programas e plataformas informáticas diversas (MS Office, MailChimp, Adobe InDesign, Plataformas de Gestão, etc.), bem como plataformas de análise web, monitorização e métricas sociais (Google Analytics);

7.8 Conhecimentos básicos de HTML;

7.9 Experiência em assessoria de imprensa. A E avaliará a experiência, os conhecimentos e competências técnicas, assim como aspetos comportamentais evidenciados pelo candidato, nomeadamente os relacionados com: Capacidade de análise, planeamento, organização e trabalho em equipa;

7.10 Sólidos conhecimentos de língua inglesa falada e escrita.

7.11 Capacidade de análise, planeamento, organização e trabalho em equipa;

7.12 Motivação para o exercício da função;

7.13 Dinamismo, proatividade e flexibilidade. A classificação final será expressa na escala de 0-100 valores. Não será admitido(a) a ocupar o lugar a concurso, por falta de mérito absoluto, candidato(a) que não obtenha uma classificação final igual ou superior a 80 pontos.

 

Para mais informações consulte o edital.

fct        fcsh        edp       

edp        edp        ribei